Impotência em homens com menos de 50 anos - sintomas e tratamento da patologia

Para o tratamento da disfunção erétil com o sujeito de meia-idade, você deve conhecer os sinais de impotência em homens de 50 anos. Dependendo do tempo de ocorrência varia de impotência primária e secundária. Primária é caracterizada, inicialmente, a falta completa da função erétil. Secundário, há o enfraquecimento ou o completo desaparecimento de ereção quando é que ele era originalmente. Um tipo secundário, a impotência é etária (fisiológica) e impotência.

Impotência depois de 50 anos tem como clínica manifestações para esta doença, e são específicos dos sinais, que impõe a idade dos pacientes.

Geral, os sintomas da impotência

Em geral, os sintomas da impotência podem ser divididos em 2 grupos principais:

  • orgânicos;
  • psicogênica.

Cada grupo tem um especial para a manifestação.

Cerca de 80% dos casos desta patologia têm origem orgânica. Orgânica impotência não se desenvolve rapidamente e de uma só vez, mas gradualmente. Esta é uma longa e sistema de transtorno. Quando impotência orgânica espontânea ereções noturnas estão ausentes, a libido não reduzida, ejaculação normal.

o problema-com-a potência

Impotência psicogênica aparece de repente e, muitas vezes, de uma só vez. O principal fator para a sua ocorrência são distúrbios do sistema nervoso e da natureza psíquica: a ansiedade, a depressão, o neurótico do estado, os problemas de relacionamento. Esse tipo de doença chama e a recepção de uma série de medicamentos (estrogênios, drogas anti-câncer, anti-depressivos, ansiolíticos). Ao contrário da impotência orgânica espontânea e ereções noturnas estão presentes aqui. Psicogênica a doença é variável de caráter — na ausência de sombrio do fator de potência pode se recuperar.

Os sinais de início e o desenvolvimento da impotência

Listados abaixo os sintomas são uma indicação para o diagnóstico da disfunção (endotelial) eréctil. O diagnóstico é considerada válida ao longo de transtorno de pelo menos 3 meses. A identificação do paciente 1 ou vários dos sintomas deve ser a razão para a conversão da vinda para o:

  1. A redução da capacidade de obter uma ereção até completar a sua ausência. Mesmo com o grande desejo e a ausência de fatores irritantes homem não pode alcançar o estado de ereção.
  2. A falta de plena ereção. Quando excitado, o pênis aumenta de tamanho, o processo de desenvolvimento de ereção é interrompido. Para a relação sexual grau de excitação insuficiente, perde-se o habitual de elasticidade do pênis.
  3. A falta de duração das ereções de tempo. O tempo de excitação é muito curto para o normal completar a relação sexual. Ereção falha no processo, ejaculação precoce, e não é alcançado.
  4. A ejaculação precoce, mesmo em homens com uma significativa experiência sexual. Este sintoma pode ocorrer quando a abstinência prolongada, nesse caso, ele se refere a impotência temporária. Se a ejaculação ocorre antes do início da relação sexual, isso indica a venosa violação.
  5. Espontânea ereção, de noite ou de manhã não há.
  6. A falta ou a uma significativa redução do desejo sexual.
  7. A incapacidade de se comprometer os movimentos.
médico

Médico a pesquisa sugere o diagnóstico de uma das escalas psicométricas. O método recomendado — o índice internacional de função erétil, que permite quantificar o estado de ereção e determinar o grau de gravidade da sua violação.

Específicas sinais de idade de influência sobre a potência

Cerca de 50% dos homens com 50 anos ou mais de idade encontrou com transtornos de ereção. A redução dos indicadores de morbidade observada em mais jovens e aumento, respectivamente, de pessoas com mais idade. A manifestação de alteração leva profundamente o caráter individual. Alguns homens manifestam-se de 30 a 40 anos, e que o corpo de outras sucesso luta com eles e até 60 anos de idade. Meio século de idade é o limite definido: a ele em uma norma não deve ser de violações de potência (ou desprezível). Em pacientes observa uma série de alterações naturais, portadores riscos adicionais para a saúde sexual do homem, com a qual impotência depois de 50 anos, pode ocorrer com mais freqüência do que em idades mais jovens:

  1. A redução no desejo sexual por causa da redução do nível de testosterona. A testosterona é o principal componente, determina o grau de desejo sexual. Ele também afeta o sistema imunológico, metabolismo de carboidratos e gorduras, sangue, a densidade mineral óssea. Pico a quantidade de testosterona atinge tarde de adolescente período e diminui gradualmente depois de 30 anos, cerca de 1% ao ano. A 60-65 anos (mas este prazo varia de acordo com cada caso específico) vem significativa violação a função erétil. De tal idade faz a impotência cada vez mais comum de patologia.
  2. Natural de redução de testosterona provoca também um aumento na vida de alcançar a plena ereção e diminuindo sua qualidade.
  3. O efeito sobre a potência tem a aterosclerose, que afeta não só os vasos do cérebro e do coração, mas do pênis. Isto resulta em um vascular, disfunção sexual.
  4. Depois de cinqüenta anos, houve supressão da glândula supra-renal. Diminui os níveis do hormônio dehidroepiandrosterona (DHEA), mantendo a secreção de corticotropina. Para as consequências da falta de DHEA pode ser atribuído a diminuição da libido, diminuição da humor, o enfraquecimento da potência. Diminui a massa muscular e a força.
Impotência temporária

Ao considerar sinais de impotência, você deve marcar casos temporário propriedades. A eles se aplica a ejaculação precoce é quando a falta de uma vida sexual regular. Este problema torna-se a razão da impossibilidade de trazer a relação sexual antes da conclusão. Para resolver o suficiente, normalmente, para normalizar a vida sexual.

Disposta a redução de potência é natural e gradual declínio da função sexual com o passar dos anos, quando reprodutivo idade está chegando ao fim. É importante, para que esse processo ocorreu de forma gradual. A forte perda de potência vai falar sobre possíveis patologias.

A redução de potência é quando o excesso de atividade sexual. A constante irritação dos receptores do cérebro, seios venosos do pênis leva à queda, a sua sensibilidade (resistência).

Durante esse estado de tempo diferente. Ele depende de características individuais do corpo e a quantidade de passadas de cargas. O que eles eram mais tempo, mais tempo vai durar temporária de disfunção. Após a interrupção de cargas de potência está a recuperar gradualmente.

Temporários casos não são sinais de impotência e exigem apenas corretiva de atividades.

Tratamento de impotência em homens após os 50 anos depende de uma correcta e atempada de encontrar a causa da doença. Sobre a questão de como lidar com a impotência, a resposta tem de dar o seu médico. Auto-medicação aqui inaceitável e muitas vezes perigoso. Quando a atribuição de terapia médico leva em conta não apenas os sintomas característicos: psicogênica e orgânicos—, mas também o estado geral do paciente. Muitas vezes, a violação da função eréctil, são co-morbidades quando:

  • diabetes (risco de desenvolvimento de 55%);
  • doença isquêmica do coração (o risco de desenvolvimento de 39%);
  • doenças do coração e o tabagismo (risco de desenvolvimento de 56%);
  • depressão (com o risco de desenvolvimento de 90%);
impotência

Um considerável efeito negativo sobre o estado de saúde dos homens têm maus hábitos: tabagismo, consumo de álcool, baixa atividade física. Medicamentos com ação sobre o sistema nervoso central (neurolépticos, anticolinérgico e medicamentos anti-hipertensivos também podem provocar a impotência.

De idade de 50 anos — período em que muitos homens começam a ocorrer as mudanças naturais do corpo, que, juntamente com os existentes de uma doença crônica pode criar favoráveis condições para o desenvolvimento de disfunção erétil. Luta com dados da doença deve ter uma abordagem abrangente e requer como médica de tratamento, e de conformidade com o paciente um estilo de vida saudável.

17.08.2018